Sou eu quem precisa mudar?

Quer dicas sobre relacionamentos? Veja abaixo como ser mais feliz a dois!

Temperamentos diferentes, opiniões divergentes, problemas com a rotina. Manter um relacionamento duradouro nem sempre é fácil, já que envolve duas pessoas completamente diferentes em uma relação de proximidade e cumplicidade. No entanto, grande parte das dicas sobre relacionamentos que daremos aqui giram em torno de uma máxima principal: é preciso se adaptar para garantir o sucesso de uma relação, mas sem se anular ou suportar comportamentos abusivos.

Qualquer relacionamento humano tem peripécias – trabalho, escola, clubes. Os valores pessoais, a bagagem trazida de outros tipos de relacionamentos, as opiniões particulares e diversos outros aspectos variam muito de uma pessoa para outra. É preciso ter paciência e maturidade para lidar com isso, mesmo quando o comportamento do outro não vai ao encontro do que você acredita.

Nos relacionamentos, isso é ainda mais intenso. Sempre vão existir diferenças e brigas, mas é preciso ponderar tudo isso e ver sempre o grande cenário da situação.

Sou eu quem precisa mudar? Quando é preciso dar o braço a torcer?

Na vida, sempre precisamos evoluir e tentar corrigir nossas falhas. Estamos todos em um processo de crescimento e amadurecimento. Isso acontece à medida em que a vida discorre e percebemos nossos defeitos e atitudes que poderíamos melhorar.

Dicas sobre relacionamentos Muitas vezes, mudar significa evoluir! Pense nisso!

Cada pessoa que passa em nossa vida deixa marcas e é possível aprender um pouco ao longo de cada situação que acontece, seja ela boa ou ruim.

Quando você percebe que um comportamento seu é prejudicial em uma relação, é preciso repensar suas atitudes. Afinal, o que você está fazendo já foi problemático em outra situação, amorosa ou não? Se sim, esse comportamento é provavelmente uma falha sua que pode ser corrigida e melhorada com o tempo.

Isso é bom não só para o relacionamento atual, mas sim para a sua vida de modo geral. Significa que você está amadurecendo. Um relacionamento é uma boa oportunidade de crescimento pessoal e de aperfeiçoamento de nossas qualidades, pois é quando temos contato e intimidade o suficiente para apontar as falhas um do outro.

Evolua sempre, mas não mude apenas pelos outros!

Se é a primeira vez que você se depara com esse tipo de queixa, é preciso ter um pouco mais de cautela. Você pode realmente ter uma falha a ser corrigida, mas também pode ser que o seu comportamento seja algo que só incomoda o seu parceiro.

Por exemplo: usar roupas chamativas ou curtas pode incomodar um parceiro, mas não necessariamente é uma falha sua. Se isso não é algo que a atrapalha e é uma coisa que você realmente gosta, não há motivos para mudar. Tente falar com o seu parceiro e explicar que se trata apenas de uma preferência dele e que, no caso, não é a mesma que a sua.

Mas o que isso quer dizer? Basicamente, você pode buscar corrigir seus defeitos e evoluir na relação, mas não deve mudar os traços de sua personalidade que não trazem problemas.

Afinal, o seu parceiro a conheceu como você é. Mudar para agradar a uma preferência dele não é justo com você, porque significa deixar para trás um lado seu do qual você gosta.

Devo exigir mudanças dele?

A mesma ideia vale quando a situação é inversa. Todas as dicas de relacionamentos que damos indicam que, se o seu namorado possui defeitos que a incomodam, você deve apontá-los e deixar claro como você se sente em relação a isso.

Ciúmes, rispidez, falta de atenção etc. Tudo isso pode e deve ser apontado para o parceiro, para que ele próprio possa repensar suas atitudes. Alguns comportamentos que se mostrem complicados a longo prazo, por exemplo, precisam inclusive ser podados. É o caso de ciúmes excessivo e até mesmo atitudes machistas e agressivas.

Dicas sobre relacionamentos Dê uma chance para o parceiro provar seu valor – não peça para ele mudar traços na personalidade dele que não fazem mal a você

No entanto, não é justo com ele que você tente mudar elementos fundamentais de sua personalidade. Senso de humor, gostos por futebol, estilo musical. É sempre interessante apontar novas opções e mostrar coisas das quais vocês podem desfrutar juntos, mas não tente apagar as preferências dele, mesmo que elas não tenham nada a ver com as suas.

Da mesma forma como você não pode mudar sua personalidade para agradar o parceiro, não pode esperar que ele faça o mesmo.

Tente ver o lado positivo das diferenças que existem entre vocês e aproveitar a individualidade de cada um – se as diferenças não fossem interessantes, Eduardo e Mônica não seriam o casal mais famoso do Brasil, não é mesmo?

Quer receber mais dicas sobre relacionamentos e se autoconhecer? Agende uma consulta espiritual com Maicon Paiva! Saiba mais.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes
Postagens recentes

Deixe um comentário