Pare de sofrer por amor, nós podemos te ajudar!

Ibejis: O Orixá que representa a vida e o nascimento!

Ibejis é uma Entidade bastante peculiar, pois se trata de gêmeos que representam a vida e o nascimento.

Portanto, essa Entidade diferenciada traz alegria, felicidade e aquela vontade imensa de viver intensamente.

O Orixá Ibejis é o símbolo da felicidade e enxergam o mundo com os olhos inocentes de uma criança. Dessa forma, esse Orixá representa a proteção das crianças, sendo uma Entidade de grande importância para as religiões de origem africana. 

Essas são apenas algumas das características de Ibejis. Então, veja neste artigo todas as curiosidades sobre esse Orixá, incluindo suas histórias, sincretismo, culto e muito mais. 

ibejis irmãos gêmeos
Ibejis: O Orixá que é gêmeo

Quem é Ibejis?

Ibeji, Ibejis e Orixá Ibejis são os termos mais utilizados para se referir aos gêmeos que representam o nascimento e a vida. Esse é o único Orixá representado de forma dupla, ou seja, através de duas Entidades. 

Os gêmeos Ibejis representam todas as formas de nascimento, assim como a felicidade, alegria e o amor à vida. Dessa forma, esse Orixá também é a representação da vontade de viver, alegria repentina, dos corações cheios de felicidade e de todas as coisas boas em decorrência desses sentimentos puros. 

O Orixá é o protetor das crianças e das coisas inocentes. Então, quando falamos em Ibejis, é comum associá-los a inocência com que as crianças veem a vida, pois eles possuem essas mesmas características. 

Na África Ibejis é uma figura muito importante devido à sua representatividade da vida. Para o povo africano, os filhos são sempre fontes de muita alegria, pois eles garantem que a história e a descendência das famílias perdure. Por isso, os gêmeos são o símbolo da continuidade da vida, da sobrevivência e do nascimento. 

Algo bastante peculiar sobre esse Orixá é que ele é capaz de desfazer coisas feitas por outros Orixás, como trabalhos. No entanto, o que é feito por Ibejis não pode ser desfeito de nenhuma forma por outro Orixá. 

Qual a diferença entre bejis e Erês?

Na Umbanda e no Candomblé o Orixá é bastante confundido com Erês. Ambas as figuras representam características infantis e tratam-se de crianças. Mas os gêmeos são uma Divindade com histórias e missões que se diferem dos Erês. 

Basicamente, os Erês são Guias que trabalham no plano espiritual. Esses Guias são Seres Encantados que nunca habitaram à Terra como humanos, por isso, têm a inocência e pureza preservada. 

Esses Seres aparecem comumente nos terreiros trazendo alegria, felicidade e muita pureza para as celebrações. Mas são bem diferentes de Ibejis, que é um Orixá! Sendo assim, Ibejis é um Orixá e Erês são Seres Encantados que atuam como Guias. 

História do Orixá

A história mais comentada sobre Ibejis diz que os gêmeos são um casal. Acredita-se que Taiwo tenha nascido primeiro que Kehinde, pois ele é o que tem mais responsabilidades. Por isso, Taiwo é visto como o irmão mais velho responsável por supervisionar o mundo.

Nascimento dos gêmeos

Filhos de Xangô e Iansã, os gêmeos foram abandonados em um rio após terem nascido. Iansã repudiou as crianças logo que nasceram e não teve dúvidas quanto a decisão de abandonar. 

Oxum passava perto do local do abandono quando ouviu o choro de crianças. Sem pensar duas vezes correu até os recém-nascidos e ficou encantada com o que viu: os gêmeos sorriram para Oxum. O coração da Orixá não suportou vê-los sofrendo ali sozinhos e resolveu adotá-los. 

Desde então, os gêmeos passaram a ser filhos de Oxum e ganharam os nomes Taiwo e Kehinde. Essa história de vida dos gêmeos fez com que o Orixá se tornasse a representação do nascimento e da vida. 

ibejis bebês
Ibejis: representação do nascimento e da vida.

Sincretismo de Ibejis

O Orixá Ibejis é sincretizado como Cosme e Damião, devida a dualidade desses Santos que também está presente nos gêmeos Ibejis. Além disso, os Santos e o Orixá dedicaram suas vidas para curar e trazer alegria para as pessoas. O dom de guardar a vida observado nas duas Entidades também faz com que os gêmeos sejam sincretizados em Cosme e Damião. 

Ibejis na Umbanda e no Candomblé

Na Umbanda, Candomblé e em outras religiões de origem africana, Ibejis é um Orixá de grandes responsabilidades e importância para a vida humana. Assim, as características do culto, oração e dos filhos de Ibejis veremos a seguir!

Filhos de Ibejis

Tudo que é infantil é associado à figura de Ibejis e isso não seria diferente com os filhos desse Orixá. Com características infantis, os filhos desse Orixá são muito alegres, jovens e às vezes inconsequentes. 

Eles são naturalmente muito brincalhões, agitados e nunca ficam esperando que as coisas aconteçam sozinhas. Sempre em movimento, essas pessoas também tem como característica a teimosia e o medo da solidão.

No relacionamento, os filhos desse Orixá são muito dependentes podendo apresentar comportamento obsessivo e muito ciúmes do parceiro. Por outro lado, são pessoas alegres e contagiantes que animam qualquer ambiente. 

Os filhos de Ibejis não são ícones em maturidade, por isso, não espere muito de suas personalidades infantis. Para eles tudo é visto de forma mais simples, como é o olhar de uma criança. Eles não ficam em meio termo, para eles tudo é “8 ou 80”. 

Essas características fazem dos filhos desse Orixá bastante frágeis, pois podem se magoar facilmente. Em relação a seus sentimentos, essas pessoas costumam sentir tudo de forma mais intensa e acreditam que suas mágoas são maiores do que realmente são. 

Culto ao Orixá

Ibejis é cultuado através de celebrações, oferendas, orações, saudações, entre outras formas de culto. Dessa forma, esse Orixá é celebrado no dia 27 de setembro, no mesmo dia que acontece a celebração de São Cosme e São Damião. Já o dia da semana que representa esse Orixá é o domingo.

Os gêmeos são representados nas celebrações por figuras infantis, coloridas e divertidas. Por isso, as cores que representam esse Orixá são: azul, rosa e verde.  Então, é possível imaginar que todas bastante alegres e divertidas, como a própria personalidade de Ibejis. 

Por fim, a saudação feita para Ibejis é a seguinte: Bejiróó! Oni Beijada! O significado dessa saudação é: “Ele é dois!”.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre Ibejis? Veja também a história de outros Orixás aqui no Espaço Recomeçar.

Compartilhe com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não chegou aqui por acaso!

Não saia sem antes falar com a gente.
Pare de sofrer por amor, nós podemos te ajudar!

Send this to a friend