Obatalá: História e Características do Orixá da Criação

Você conhece o Orixá Obatalá? Leia esse artigo!

Para dar continuidade à nossa sequência de artigos sobre as poderosas divindades, hoje, iremos falar sobre o primeiro Orixá a ser criado: Obatalá.

Como falamos no artigo principal sobre os Orixás, as forças elementares da natureza, ou seja, o ar, o fogo, a água e a terra, foram criadas pelo Deus Supremo, o Grande Pai, “Olorum”. 

Olorum, então, resolveu que iria criar um ser, a partir do Ar e da Água, que havia no início dos tempos.

obatalá
Obatalá: o Orixá da criação

O Ser criado era encantado, muito poderoso, tinha as vestes todas em branco. Dessa forma, seu nome tem o significado de Obatalá “OBA TI O NI ALA”, o Rei vestido de branco, ou seja, O Senhor do Pano branco, o Orixá Obatalá, no Brasil também chamado de Oxalá.

Logo em seguida, Olorum resolveu criar um outro Orixá, chamado Oduduá, com os mesmos poderes que o primeiro. Obatalá representou assim, a essência masculina, se tornando o lado direito de Olorum, já Oduduá, teria a essência feminina, e seria o lado esquerdo.

A partir de então, os demais Orixás foram criados, o que formou um verdadeiro exército de Olorum, cada um com sua missão e função.

Bará foi o terceiro elemento criado, e não menos importante, era quem iria estabelecer o  elo de ligação entre todos os Orixás com Olorum. Assim, ficou como costume realizar oferendas e homenagens a ele, antes de fazer a qualquer outro Orixá, pois seria Bará que levaria as mensagens a Olorum.

Qual foi a Missão de Obatalá?

Olorum deu a missão de criar a Terra à Obatalá. Dessa forma, deu a ele, todos os poderes e sabedoria necessária para tal tarefa.

Mas, Obatalá, estava tão orgulhoso por ter recebido tal honra de Olorum que não achou que seria necessário fazer as oferendas à Bará.

Observando o que estava acontecendo, Bará, simplesmente alertou que Obatalá não iria conseguir cumprir sua missão, pois mesmo com todo poder que ele possuía, sem a sua ajuda, não iria conseguir chegar ao local correto, indicado pelo Deus Supremo, para criar a Terra.

Mesmo assim, Obatalá seguiu seu caminho.Levando consigo uma galinha d’angola e o saco da criação. Um percurso longo e difícil. Assim, ele seguiu sem aceitar a ajuda de ninguém. 

Orixá se sentiu cansado

Já estava exausto, com fome e sede mas não parava nenhum só momento, pois acreditava que sua missão era tão importante que não poderia fazer uma pausa.

Dessa forma, de tão esgotado que estava, teve uma alucinação e avistou uma palmeira, assim, atingiu o tronco dela com seu cajado e bebeu todo o seu líquido, um vinho de palma. 

Então, acabou ficando embriagado e desmaiou no mesmo local que estava, ficando desacordado por um bom tempo.

Bará resolveu avisar a Oduduá que por não ter feito suas oferendas, Obatalá, não iria conseguir realizar sua missão.

Então, Ododuá, resolveu realizar as oferendas necessárias e foi procurar por Obatalá, a pedido de Olorum. Foi quando ela o encontrou desacordado próximo ao local onde deveria chegar. 

Quando Olorum descobriu que o Obatalá havia falhado em sua missão, deu a Oduduá a tarefa de criar a Terra, e assim foi feito, junto com o auxílio de todos os outros Orixás.

Criação do Orixá

Quando Obatalá acordou e viu que a terra havia sido criada, se sentiu muito envergonhado por não ter conseguido e foi procurar por Olorum. Foi então, que ele o mostrou o seu grande ato falho de não ter realizado as Oferendas que deveria.

Então, Obatalá, realmente, arrependido, clamou perdão. Dessa forma, Olorum deu uma uma nova missão a ele: criar os seres que iriam habitar a Terra.

E dessa vez, sem falhar, ele o fez: da mesma lama que a Terra foi criada, Obatalá modelou todos os seres, e com seu hálito sagrado, soprou-lhes a vida.

Seres Sagrados para o Orixá Obatalá

Mas Obatalá se embriagou novamente ao realizar essa missão, e modelou novas formas de seres como anões, albinos, aleijados – estes são considerados sagrados por Obatalá. 

Então, Oduduá novamente interveio na criação fazendo o molde que considerava correto, pessoas fortes e sadia.

Deu-se início, então, a grande rivalidade de Obatalá e Oduduá.

Obatalá criação do universo
Criação da Terra: Obatalá e Oduduá

Quais são as características dos filhos de Obatalá?

Primeiramente, é importante ressaltar que a parte do corpo mais importante na criação de Obatalá é a cabeça, por isso, os filhos de Obatalá são pessoas tranquilas, serenas e com pensamentos firmes e generosos.

Mas também são pessoas muito teimosas, assim como o Orixá.

Muitos mitos contam que Obatalá recebe um conselho de Orumilá, para fazer um ebó – oferenda – para Exú. Ele, por sua vez, não o faz, o que demostra a sua teimosia. Além disso, por consequência, acaba não se dando bem por sua atitude, o mesmo acontece com seus filhos quando são teimosos.

Quando muito devotos, geralmente, utilizam colares de contas brancas e também roupas brancas.

O que significa o Branco para o Senhor do branco? 

De uma maneira geral, o branco representa o limpo, a verdade, moral pura, as boas e verdadeiras intenções de nossas ações e a pureza do coração.

É isso que é representado quando se veste branco em homenagem a ele.

Orixá da Paz e da Criatividade

Obatalá é o Orixá da serenidade, paz e tranquilidade. É a ele que devemos recorrer quando estamos em caos.

Além disso, ele ensina que devemos usar a criatividade para superarmos os nossos maiores desafios, pois é com ela que iremos conseguir encontrar soluções para sair de nossos problemas.

Esse Orixá pode ser apresentar de diferentes qualidades, sendo as principais quando Jovem e é chamado de Oxaguiã e seus símbolos são uma idá (espada), um pilão de metal branco e um escudo.  Ou em sua forma idosa, chamado de Oxalufã e tem por símbolo o opaxorô, um cajado de metal.

Oxalá e Jesus Cristo

É importante deixar claro que no Sincretismo, o Orixá Obatalá ou Oxalá é comparado a Jesus Cristo. Mas eles não são os mesmos! Ambos estão relacionados a criação do universo, mas há diferentes histórias que envolvem os dois.

Dia de Obatalá ou Oxalá

O seu dia da semana é a sexta-feira. E o dia de comemoração é 25 de dezembro.

Oferendas a Obatalá

É importante dizer, que se você é filho de Obatalá não deve beber vinho de palmeira.

Além disso, quando realizar uma oferenda para ele, não se deve incluir o sal.

Se você deseja paz e equilíbrio em sua vida, é importante oferecer coisas boas para ele, como por exemplo:

  • Frutas: pera e uva branca
  • Canjica Branca

Saudação

A saudação para Obatalá é: Êpa Babá! Xêuê Babá! (Viva o Pai!)

Compartilhe com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não chegou aqui por acaso!

Não saia sem antes falar com a gente.
Pare de sofrer por amor, nós podemos te ajudar!

Você está com sorte hoje
× Como posso te ajudar?
Send this to a friend