Saiba o que é obsessão amorosa e como identificar!

Alguns sentimentos são tão intensos que eles podem se tornar uma obsessão, principalmente se a pessoa for insegura, tiver dificuldade em lidar com a frustração e não tiver um bom amadurecimento emocional. Tudo isso pode se transformar na obsessão amorosa, que é quando a pessoa se torna obcecada por outra. 

Mas afinal, a obsessão amorosa é ruim? É normal ter obsessão por uma pessoa? Quais são as consequências de ter um relacionamento obsessivo? Essas e outras dúvidas serão respondidas a seguir. Então continue lendo este conteúdo para entender tudo sobre a obsessão amorosa, incluindo como se livrar desse problema. 

o que é obsessão amorosa
Saiba o que é obsessão amorosa e como lidar com esse problema!

O que é obsessão?

A obsessão é um apego exagerado, também chamado de apego emocional, a uma ideia ou sentimento ao qual a pessoa não consegue se livrar. É um comportamento compulsivo, totalmente irracional, ao qual a pessoa é motivada de forma irresistível por suas próprias emoções a agir dessa forma. 

No caso da obsessão amorosa, esse apego emocional faz com que a pessoa viva em função do outro ou de seu relacionamento. Tudo gira em torno dessa pessoa, ela não consegue viver, ter experiências individuais e faz coisas compulsivas porque não consegue lidar com a obsessividade.

Desobsessão: Entenda o que é e como se livrar de um espírito obsessor!

O que é uma pessoa obsessiva?

Uma pessoa obsessiva é aquela que tem obsessão por algo ou alguém. No caso dos relacionamentos, é uma pessoa que não consegue ficar sem o parceiro ou parceira, que sente ciúmes exagerado, que persegue a pessoa amada e que tem comportamentos compulsivos diante de um término, por exemplo.

O comportamento obsessivo pode ter níveis, então é muito importante prestar atenção se você não é uma pessoa obsessiva ou se seu parceiro ou parceira não tem esse comportamento, ok? Mexer no celular do parceiro ou da parceira escondido pode ser um indício da obsessividade, sabia?

O que é um relacionamento obsessivo?

Já o relacionamento obsessivo é aquele onde o casal se torna obcecado um pelo outro, mas de uma forma ruim. Ambos querem controlar tudo sobre o outro, passam a viver em função apenas do relacionamento e deixam todo o resto de lado. É notório o comportamento compulsivo de ambos diante de situações como ciúmes, por exemplo. Portanto, um relacionamento obsessivo é uma relação onde os dois dependem um do outro para serem felizes, caracterizando uma grande dependência emocional

Como lidar com marido nervoso? Veja 7 dicas!

É normal ter obsessão por uma pessoa?

É comum, você poderá encontrar diversos casos de pessoas que são obcecadas por outras, mas não podemos normalizar esse tipo de comportamento. Devemos considerar que a obsessão é um comportamento ruim, que traz prejuízos para ambos e não deve ser estimulado. Portanto, não é normal ser obsessivo, isso é prejudicial principalmente para você, que tem essa dependência emocional em uma certa pessoa.

Como saber se é amor ou obsessão?

Bom, mas afinal qual é a diferença entre amor e obsessão, como saber se é amor ou obsessão e quais seriam os sinais de uma pessoa obcecada? Veja a seguir quais são os comportamentos de uma pessoa obcecada e que indicam que não é amor, mas sim uma obsessão amorosa:

  • Ciúmes excessivo e sem motivo algum;
  • Impulso de querer controlar a vida do outro;
  • Mexer no celular do outro escondido e sem permissão;
  • Questionamentos invasivos em vez de diálogos agradáveis;
  • Medo constante de perder a pessoa amada;
  • Mensagens e ligações constantes como forma de controle;
  • Tensão constante quando não está com a pessoa amada;
  • Desequilíbrio emocional diante de situações que geram insegurança;
  • Impulsividade nos momentos de briga;
  • Dependência emocional no outro.

Se você notar esses sinais em você ou em seu parceiro ou parceira, isso significa que há um comportamento obsessivo que precisa ser tratado.

Como esquecer uma pessoa que não tá nem aí para você?

Quais as consequências da obsessividade?

A obsessividade é prejudicial para qualquer pessoa, principalmente para aquela que age dessa forma. Portanto, ter obsessão por alguém é prejudicial para você e para o outro. A primeira consequência desse comportamento é que você deposita toda a sua felicidade no outro, quando essa não é uma responsabilidade do outro, mas sim sua. Dessa forma, você se frustra o tempo todo por não ter suas expectativas atendidas.

E é ruim para quem lida com essa situação também, pois não é responsabilidade do outro te fazer feliz. É um fardo carregar essa responsabilidade, a pessoa começa a se culpar por não conseguir agradar o outro, tem dificuldade em lidar com o ciúmes excessivo, entre outras consequências. 

No fim das contas, o comportamento obsessivo leva ao afastamento de casais e pessoas que poderiam ser felizes juntas. Portanto, se você identificou que está agindo de forma obsessiva, saiba que isso poderá afastar quem você ama de você!

Desilusão amorosa: Como parar de sofrer por amor?

Como deixar de ser obsessivo por alguém?

Agora que você já sabe das consequências desse comportamento obsessivo, saiba que para deixar de ser obsessivo você precisará entender melhor seus próprios sentimentos. É muito importante saber lidar com suas emoções, trabalhar suas inseguranças e cuidar da sua autoestima. Tudo isso te ajudará a se livrar dessa dependência emocional. 

Em casos assim, é recomendado procurar a ajuda de um psicólogo para trabalhar esse comportamento. Você também pode buscar ajuda para esse problema através do aconselhamento espiritual. Nesse caso, você pode marcar sua Consulta Espiritual com Maicon Paiva e descobrir qual é o melhor caminho para se livrar da obsessão amorosa.

Como lidar com a obsessão amorosa?

Sendo você ou não a pessoa obsessiva na relação, veja essas dicas de como lidar com a obsessão amorosa para construir um relacionamento saudável!

  • Trabalhe seu amor próprio;
  • Eleve a sua autoestima;
  • Entenda quais são as suas inseguranças;
  • Não tente controlar o comportamento compulsivo;
  • Reflita mais sobre os gatilhos que levam a esse comportamento;
  • Trabalhe a confiança dentro do relacionamento;
  • Sejam honestos e transparentes o tempo todo um com o outro;
  • Defina um momento para que ambos possam viver a própria individualidade.

Outra forma de lidar com a obsessão amorosa é buscando Ajuda Espiritual para esse problema. No Espaço Recomeçar você pode receber essa ajuda através de uma Consulta Espiritual. Nosso Espiritualista Maicon Paiva poderá te orientar sobre como agir em seu relacionamento para acabar com a obsessividade. 

Gostou dessas dicas e informações? Então continue conferindo outros conteúdos aqui no blog e siga nossa página no Facebook e no Instagram. Aproveite também para conhecer o nosso canal no YouTube

5/5 - (7 votes)
logo recomecar azul 2tgRFQ 3242863

O Espaço Recomeçar é uma Casa de Apoio Espiritual fundada em 2002 e localizada em São Paulo.
Nossa missão é levar felicidade e paz de espírito a nossos clientes. Aqui, você conseguirá encontrar o sonhado equilíbrio pessoal e ser feliz no AMOR!

logo recomecar

Você não chegou aqui por acaso!

Não saia sem antes falar com a gente.
Pare de sofrer por amor, nós podemos te ajudar!

Maicon ads 1500x1300 1 1024x887 1