Pare de sofrer por amor, nós podemos te ajudar!

Relacionamento amoroso e dinheiro: as finanças podem atrapalhar a relação?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
relacionamento amoroso e dinheiro
relacionamento amoroso e dinheiro
Entenda a relação entre relacionamento amoroso e dinheiro!

Quando se fala em relacionamento, é comum que as pessoas se lembrem dos pilares que constituem uma relação forte e saudável, como o amor, a confiança, o companheirismo, entre outros. Mas é importante lembrar que existe uma relação direta entre relacionamento amoroso e dinheiro, algo pouco discutido pelos casais. 

Saiba que existem inúmeros problemas que se originam da forma como o casal lida com as finanças. Por isso, selecionamos as principais dúvidas sobre esse tema para dar algumas dicas de como resolver questões financeiras no casamento ou namoro. 

Relacionamento amoroso e dinheiro devem ser discutidos?

Muitas pessoas não sabem lidar com as próprias finanças, por isso, quando começam a namorar ou se casam, acabam levando os problemas financeiros para o relacionamento. Por isso, discutir sobre dinheiro é muito importante para qualquer relacionamento amoroso.

Relacionamento amoroso e dinheiro é algo que deve ser discutido por qualquer casal, inclusive aqueles que ainda estão no namoro. Se o casal quer construir algo juntos, é importante que ambos estejam alinhados aos objetivos financeiros e saibam cooperar com as finanças. 

Problemas financeiros no casamento podem levar a outros problemas no relacionamento. Busque ajuda para seu casamento aqui no Espaço Recomeçar por meio da Amarração Amorosa!

Quando o dinheiro atrapalha o relacionamento?

Há muitas situações em que o dinheiro pode atrapalhar o relacionamento. Por exemplo, quando há a falta de dinheiro, quando há gastos desnecessários que interferem nas finanças do casal, quando apenas uma das partes cuida ou tem acesso ao dinheiro do casal, quando o dinheiro passa a ser mais importante que a própria relação. Esses são alguns exemplos de como o dinheiro pode interferir em um relacionamento. 

Lembrando que existem muitos fatores que podem atrapalhar um relacionamento, por isso, é importante saber se é realmente o dinheiro que está atrapalhando. Descubra agora mesmo o que pode estar interferindo em seu casamento.

Como lidar com as finanças no casamento?

Existem muitas dicas sobre como lidar com o dinheiro no casamento, mas a mais importante é considerar que o dinheiro é do casal, não dele ou dela. Sim, deve existir uma quantia para que cada um faça aquilo que quiser, compre algo que desejar ou guarde como preferir. Mas o montante maior, que é capaz de suprir os gastos do casal e poupar para objetivos em comum deve ser visto como de ambos, mesmo que apenas um esteja trabalhando no momento. 

Como lidar com a falta de dinheiro?

A falta de dinheiro é um grande problema dentro dos relacionamentos. A melhor forma de lidar com essa situação é conversando com o parceiro ou parceira sobre a necessidade de economizar o que for possível, lembrando que essa situação é passageira, por isso, é preciso ter tolerância no casamento ou namoro.

Descubra os sinais de que seu relacionamento acabou!

O que fazer no relacionamento?

O ideal é que o casal tenha uma conta conjunta para que todo dinheiro adquirido seja do casal. Juntos, eles também devem decidir sobre os gastos, poupança, objetivos financeiros e quantia isolada para que ambos tenham dinheiro para fazer o que quiserem.

Como falar de dinheiro com o namorado?

Conversar sobre dinheiro desde o namoro é algo muito importante. A melhor forma de fazer isso é falando sobre seus objetivos financeiros, sobre a importância de poupar, de alinhar os objetivos do casal, entre outras coisas. Mas seja sutil e mostre que você pretende cooperar.

Como guardar dinheiro com o namorado?

A forma mais simples de iniciar uma poupança com seu namorado é justamente abrir uma conta poupança e começar a guardar os valores. Hoje em dia há diversas contas digitais que você pode abrir pelo celular e que possibilitam juntar dinheiro para objetivos em comum. 

Dinheiro do casal junto ou separado?

Junto, assim como todas as outras questões da vida. As finanças são do casal, e não dele ou dela. Mas é importante que cada um tenha a sua individualidade respeitada, ou seja, um valor simbólico para guardar ou comprar o que quiser. 

Veja o que fazer quando o marido não é companheiro!

Terminar namoro por falta de dinheiro é errado?

Depende. Você se sente mal por estar sem dinheiro? Ou quer terminar porque a pessoa está sem dinheiro para te bancar? Se for a primeira opção, não é errado pensar que quem você ama merece boas condições financeiras, mas saiba que se a pessoa te ama mesmo entenderá que essa é uma fase passageira. Já a segunda opção, é muito errado querer que alguém pague pelos seus gastos e que você queira terminar porque a pessoa não tem dinheiro. 

Também é importante tirar aquele estereótipo de que a mulher precisa de um homem com boas condições financeiras. Quando o homem não tem dinheiro, a mulher que é parceira ajuda nas despesas. Isso também vale para os homens que gostam de ser bancados ou é um homem acomodado financeiramente. 

Sendo assim, se a pessoa que você ama tem pouco dinheiro, pense em ajudar o namorado financeiramente em vez de terminar. Pense em auxiliar sua namorada, já que essa é uma situação passageira. Dinheiro vai e vem, mas o amor e a relação construída é sempre mais importante.

Como namorar uma pessoa com pouco dinheiro?

Existem inúmeros passeios, programas e formas de agradar o outro sem gastar muito. Por exemplo, passeios em parques, praças, bibliotecas, em meio à natureza, piquenique, entre outros. O importante é que você não comprometa suas finanças apenas para agradar a pessoa ao seu lado. Se ela te ama, entenderá que ter pouco dinheiro não é um problema. 

Crise financeira destrói casamento?

Sem dúvidas, a crise financeira é um grande problema no casamento. Por isso, é preciso saber o que fazer para sair da crise financeira e também como lidar com a crise financeira no casamento

Quando a situação financeira do casal está em crise, é comum haver brigas, crise financeira no lar, problemas como marido endividado, esposa não divide despesas, marido que mente sobre dinheiro, esposa ou marido que não tem controle financeiro, entre outros.

Se a crise financeira não é cuidada, ela é capaz de destruir um casamento. Isso porque começam a surgir intrigas, um começa a esconder dinheiro do outro, dívidas, gastos, e os problemas só vão aumentando. 

Saiba se vale a pena lutar para salvar seu relacionamento!

O marido pode esconder dinheiro da esposa?

Não, assim como não pode esconder nada da pessoa que ama. O casal escolhe ficar junto porque se amam, confiam um no outro e querem dividir a vida. Por isso, esconder dinheiro da esposa ou do marido é um grande problema, pois trata-se de esconder algo no relacionamento.

Como fazer a divisão entre o casal?

Quando o casal decide morar junto, é fundamental saber como dividir proporcionalmente as despesas. Não existe uma regra exata de como deve ser dividido as despesas do casamento. O ideal é que o dinheiro seja do casal, assim, esses valores serão usados para as despesas dentro do casamento. 

Já os gastos que são individuais, devem ser pagos com um valor definido pelo casal para cada um dos cônjuges. Afinal, também é importante respeitar a individualidade financeira do casal. Essa forma de dividir as finanças também vale para casal com salários diferentes, ambos devem ser um valor individual e contribuir com a finança do casal, que deve ser a prioridade. 

Crise financeira no casamento: o que fazer?

O casal que está passando por uma crise financeira deve aprender, primeiramente, como administrar o dinheiro do casal. Afinal, esse é um dos principais motivos que leva ao endividamento no casamento. Além disso, veja algumas dicas:

  • Trabalhem juntos para vencer a dívida, mesmo que o outro tenha comprado algo que não deveria.
  • Reconheçam os erros cometidos para que as futuras decisões sejam melhores que as anteriores.
  • Registrem os valores que entram no orçamento e quais são os gastos mensais.
  • Cortem gastos que são desnecessários, dando prioridade apenas para itens de extrema necessidade.
  • Economizem na moradia, seja mudando para uma casa com aluguel menor, na água, na luz e em outros gastos com a casa.
  • Façam negociações com os credores quando for possível, para reduzir juros e encontrar a melhor forma de quitar a dívida.
  • Escrevam coisas que são importantes para o casal que o dinheiro jamais poderá comprar. 

Conselhos e dicas para superar o fim de relacionamento!

Como saber se ele está comigo por interesse?

Outra questão comum sobre relacionamento amoroso e dinheiro é se a parceira ou parceiro é interesseiro. Saiba que uma pessoa que está com você só por interesse demonstra sinais claros, sendo um namorado explorador, namorada que só está com você nos momentos de fartura, entre outros. 

Por isso, observe se a pessoa se preocupa em dividir as despesas, se gosta de ser bancada, se quer sempre os passeios ou presentes mais caros, ou seja, demonstra sinais de que seu dinheiro é mais importante que a relação que construíram juntos. 

Se você chegou até aqui, saiba que fazemos Consulta Espiritual e trabalhos espirituais para o amor, como a Amarração Amorosa. Eles auxiliam em uma vida a dois saudável e permitem afastar energias negativas, intrigas e a trazer a paz no relacionamento. Conheça mais sobre nossos trabalhos para o amor.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Veja mais posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique por dentro de novos posts

Você não chegou aqui por acaso!

Não saia sem antes falar com a gente.
Pare de sofrer por amor, nós podemos te ajudar!

Você não chegou aqui por acaso!

Não saia sem antes falar com a gente.
Pare de sofrer por amor, nós podemos te ajudar!