O que fazer quando a vida sentimental está travada?

Você não sabe o que fazer quando a vida sentimental está travada? Reconhecer esse problema é o primeiro passo.

Através do amor, podemos nos conectar com outras pessoas, compartilhar sentimentos, experiências e sonhos, e construir uma parceria que nos apoia e nos faz crescer. No entanto, nem sempre a vida sentimental flui como gostaríamos. 

Às vezes, nos sentimos solitários, frustrados, desanimados ou até mesmo bloqueados para o amor. Essa situação pode ter diversas causas, como traumas, medos, crenças limitantes, padrões negativos ou falta de autoestima.

Se você se identifica com esse cenário, saiba que não está sozinho. Muitas pessoas passam por dificuldades na vida amorosa e precisam de ajuda para superá-las. Neste artigo, vamos mostrar o que você pode fazer para destravar a sua vida sentimental e abrir as portas para o amor.

Conte também com o Espaço Recomeçar para eliminar os bloqueios que travam a sua vida sentimental. Saiba mais a seguir!

como destravar a vida amorosa
Saiba como-destravar-a-vida-amorosa com a ajuda do Espaço Recomeçar!

O que fazer para destravar a vida sentimental?

A primeira coisa que você precisa fazer para destravar a sua vida sentimental é reconhecer que há um problema e que você quer resolvê-lo. Não adianta negar, ignorar ou se conformar com a situação. Você merece ser feliz no amor e pode alcançar esse objetivo.

Depois, você precisa identificar as possíveis causas do seu bloqueio amoroso

  • O que está impedindo você de se relacionar com alguém? 
  • Quais são os seus medos, inseguranças, traumas ou crenças que atrapalham o seu amor-próprio e o seu amor pelo outro? 

Essas questões podem ser difíceis de responder sozinho, por isso, é recomendável buscar o apoio de um profissional, como um Espiritualista.

Em seguida, você precisa trabalhar para superar essas causas e transformar a sua mentalidade e as suas emoções. Você precisa se libertar dos pensamentos e sentimentos que te limitam e te fazem sofrer. Precisa se perdoar, se aceitar, se valorizar e se amar. Acredite, você é merecedor de amor e pode encontrar alguém que te complete e te faça feliz.

Além disso, você precisa agir para mudar a sua realidade. Saia da sua zona de conforto e se abra para novas oportunidades. 

Para te ajudar nesse processo, veja algumas dicas práticas que você pode seguir:

  1. Faça a Abertura de Caminhos Amorosos no Espaço Recomeçar e abra seus caminhos;
  2. Cuide da sua aparência, da sua saúde e do seu bem-estar;
  3. Invista no seu desenvolvimento pessoal e profissional;
  4. Participe de atividades sociais e faça coisas que você gosta;
  5. Use a internet e as redes sociais a seu favor, para encontrar alguém.

Para receber a ajuda de quem entende do assunto e pode transformar a sua vida sentimental, entre em contato pelo WhatsApp e agende seu atendimento.

Sinais de que a vida sentimental está travada

Como saber se a sua vida sentimental está travada? Existem alguns sinais que podem indicar que você está com dificuldades na área amorosa e que precisa de ajuda para resolvê-las. Veja se você se identifica com algum deles:

Você não se relaciona com ninguém há muito tempo;

  • Só se relaciona com pessoas erradas e acaba se decepcionando;
  • Tem medo de se relacionar por que não quer sofrer novamente;
  • Tem baixa autoestima, não gosta de si mesma, não se aceita como é e não tem amor-próprio;
  • Tem crenças limitantes, como acreditar que não merece ser amado por outra pessoa;
  • Tem padrões negativos, como atitudes, escolhas e comportamentos que levam aos mesmos erros;
  • Tem bloqueios emocionais que te impedem de sentir, de se comunicar e de interagir com outra pessoa.

Se você identificou esses sinais, busque ajuda o quanto antes para destravar a sua vida sentimental. Só assim você encontrará a sua felicidade amorosa e poderá desfrutar de um relacionamento saudável e duradouro.

Por que minha vida amorosa é um desastre?

Bloqueios emocionais que impedem o amor

Os bloqueios emocionais são obstáculos que impedem o fluxo natural e saudável das nossas emoções. Eles são originados por experiências traumáticas, dolorosas ou negativas que vivemos no passado e que nos marcaram de forma profunda. Essas experiências podem ter sido na infância, na adolescência ou na vida adulta, e podem ter envolvido a família, os amigos ou amores do passado.

Saiba que há casos também de bloqueios emocionais que são originados em outras vidas e que se estendem pelas vidas futuras na forma de carmas. Por isso, além de avaliar a questão emocional, é importante consultar informações do passado para compreender os bloqueios no amor.

De qualquer forma, esses bloqueios nos fazem reprimir, negar, evitar ou fugir das nossas emoções, especialmente as que consideramos negativas, como a raiva, a tristeza, o medo ou a culpa. Eles nos impedem de reconhecer, de aceitar, de expressar ou de resolver as nossas emoções, o que gera um acúmulo de tensão, de dor, de angústia ou de vazio dentro de nós.

Os bloqueios emocionais também nos afetam na nossa capacidade de amar e de ser amado. Eles nos fazem criar barreiras, defesas, resistências ou desconfianças em relação ao outro. Nos fazem ter dificuldade de nos aproximar, de nos relacionar, de nos comprometer ou de nos entregar ao outro.

Veja alguns exemplos de bloqueios emocionais que impedem o amor:

  • O trauma de uma traição, de um abandono, de uma rejeição ou de uma violência;
  • A mágoa de uma perda, de uma separação, de um luto ou de um rompimento;
  • O medo de se apaixonar, de se envolver, de se comprometer ou de se magoar com o outro;
  • A insegurança de não ser bom o suficiente, de não ser atraente o suficiente, de não ser interessante o suficiente ou de não ser amado o suficiente pelo outro;
  • A culpa de ter feito algo errado, de ter machucado alguém, de ter falhado em algo ou de ter sido infeliz no amor.

Por que eu só atraio pessoas erradas?

Como superar o medo do amor?

O medo do amor é um dos principais bloqueios emocionais que impedem o amor. Ele é gerado por experiências negativas que vivemos no passado e que nos fizeram associar o amor a algo ruim, perigoso ou doloroso. Ele é alimentado por crenças limitantes que nos fazem acreditar que o amor é algo difícil, raro ou impossível de acontecer. E é manifestado por comportamentos que nos fazem evitar, fugir, negar ou reprimir o nosso desejo de amar e de ser amado.

Para superar o medo do amor, é preciso enfrentá-lo, compreendê-lo e transformá-lo. É preciso reconhecer que o medo é uma emoção natural e que ele tem uma função de nos proteger de possíveis ameaças. Mas é preciso também perceber que o medo pode se tornar irracional, excessivo ou paralisante, e que ele pode nos impedir de viver o amor que queremos e merecemos.

Como sair de uma vida amorosa fracassada?

Como destravar a vida amorosa?

Para destravar a vida amorosa, é preciso seguir os passos que já mencionamos neste artigo. Confira a seguir um resumo de como você deve agir para liberar sua vida amorosa:

  • Reconhecer que há um problema e que você quer resolvê-lo;
  • Identificar as possíveis causas do seu bloqueio amoroso;
  • Trabalhar para superar essas causas e transformar a sua mentalidade e as suas emoções;
  • Agir para mudar a sua realidade e se abrir para novas oportunidades.

Também é importante que você busque Ajuda Espiritual, pois há muitos bloqueios que estão no Plano Espiritual e que só podem ser resolvidos com a ajuda da Espiritualidade. 

Se gostou deste conteúdo, veja mais artigos aqui no blog. Siga nosso Instagram, curta o Facebook, ouça nossos podcasts e veja nossos vídeos no YouTube.

Deixe o seu Voto
logo recomecar azul 2tgRFQ 3242863

O Espaço Recomeçar é uma Casa de Apoio Espiritual fundada em 2002 e localizada em São Paulo.
Nossa missão é levar felicidade e paz de espírito a nossos clientes. Aqui, você conseguirá encontrar o sonhado equilíbrio pessoal e ser feliz no AMOR!

logo recomecar

Você não chegou aqui por acaso!

Não saia sem antes falar com a gente.
Pare de sofrer por amor, nós podemos te ajudar!

Maicon ads 1500x1300 1 1024x887 1